24 de janeiro de 2016

Faça Seu Mundo (Poema)

Faça Seu Mundo (Placcido)

“Leia essa lista...

Tente o que for para viver
Viva dando tempo a descansar
Pense no que você poder ver
Descanse para desfrutar o pensar

Na linha do tempo, é difícil deixar tudo para trás
Mas não precisamos dessa pressa
A qualquer momento é só querer desistir, tanto faz
Com pacotes de expectativas para remessa

Em qualquer coisa podemos faltar
Sofrendo assim
Pois é normal que venha a falhar
Expresse seu amor de Valentim

E isso não incomoda,
Para seus sentimentos, não existe a tal moda

Leia isso também...

Seguindo o mais importante propósito sem batina
Pense no que já pensou em proposta
Hesitação é pensada? Eu não pensaria em rotina
Atravessamos afinal, por aqui não temos resposta

Vamos esquecer nossas vozes paradas
E simplesmente ir, não fale mais nada
Quebre as línguas envenenadas
Já viu o movimento da sua nuvem? ela não está abalada

Não espere algum dia esticar os braços, pode fazer agora
Ir em direção onde nunca a paz se afronta  
Agarre a si próprio, não deixe seu outro Eu ir embora
Vá para direção que se aponta

Há uma parede, mas não precisa ficar com ela
Parede de sonho e de som
Pessoas não são substituíveis, elas continuam na sua janela
Ouviu a melodia? Você pode dar qualquer tom

Não esqueça, ignore o não for profundo
Afinal, apenas faça seu mundo”.