21 de julho de 2015

Sentido da Vida (Qual o seu sentido?)


Texto escrito em 2009

Não tenho a mínima ideia de onde vem, mas tenho uma imensa curiosidade em saber qual seria o sentido de minha vida, até agora, foi nisso em que pensei:  

Bem, não sei exatamente se deveria na verdade procurar algum sentido, pois a vida não necessariamente precisa de algum, mas de qualquer forma, já pensei em muitos. O mais comum, que tive há algum tempo, foi vinculado a religião. Pois é, fui devoto e acreditava que o sentido de minha vida era desconhecido, ou que Deus me mostraria o caminho correto, que somente um dia, e quando eu merecesse, iria descobrir... Nosso país é em maioria religioso, então acredito que para essas pessoas o sentido está mesmo em Deus, ou nas crenças de cada religião que geralmente não diferem muito, como a graça de Deus, perdão dos pecados, redenção para um paraíso, são quase sempre citados.

Esse é o básico, a Felicidade! todos nós vivemos para sermos felizes eu acho, talvez alguém que venha a ler esse texto me corrija, mas vejo que a maioria de nós está numa busca por felicidade que é utópica. Bem, quem sabe uma resposta satisfatória em relação ao meio ou a outros indivíduos cause a minha felicidade. Não conheço direito vocês, mas percebo que a maioria não entendeu ainda que a felicidade é apenas momentânea, hoje estamos tristes, amanhã felizes, por vezes o estado de humor não seja tão dicotômico ou mude com o clarear dos raios violetas, mas não tem jeito, ele varia. Também essa história de felicidade absoluta é muito abstrata, porém, tenho que admitir uma quedinha pelo estoicismo! Ser feliz é uma ideia, e depende da perspectiva, pois cada um atribui o que lhe faz feliz. Será que encontrando o crânio do Yorick morto por aí, eu descobriria?

Pulo na biologia, o sentido da vida está na criação de variabilidade genética! Pois é, para muita gente o sentido da vida é a reprodução, não pensem que acharão explicação correta aqui para isso, só lembro de um exemplo que tal professor sempre usava: “Pessoal, a reprodução tem como objetivo criar seres diferentes, as doenças se adaptam aos organismos vivos, logo, as células usam do método reprodutivo para que sua espécie não seja extinta”. Ele tem razão? O sentido seria então “apenas” a sobrevivência? Talvez.

Para muitos, e de uma forma geral, o ser humano pode necessitar de motivação a seus atos para não se sentir perdido, o sentido da vida então é como uma base para seus objetivos, ou entendidos como eles próprios, objetivos, valores e crenças, tudo isso se define como um conjunto de um sentido multi-subjetivo.

Para tentar ser mais claro, o sentido da vida não é definido, ele é abrangente, cada um de nós seres humanos atribuímos o que queremos e o que acreditamos, o sentido da vida é o que você mesmo dá, amor, felicidade, quem sabe ajudar o próximo... algumas pessoas (like me) não encontrou esse sentido ainda, e existem outros que nem ligam em procurar. Talvez seja mais fácil aceitar o 42.

Para finalizar, por vezes acredito que deveria esquecer esse pensamento e apenas viver.